Menu

Rádio

MirandenseBrasil






Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.


    PF desarticula quadrilhas que usavam aeroportos para tráfico de drogas

    14 JUN 2018
    14 de Junho de 2018
    APolícia Federal (PF) desarticulou na manhã desta quinta-feira (14) três quadrilhas suspeitas de usar os aeroportos de Foz do Iguaçu (PR) e Guarulhos (SP) para enviar remessas de entorpecentes em bagagens. Um dos pivôs do esquema era um funcionário terceirizado que trabalhava no aeroporto de Foz.

    De acordo com a PF, o funcionário tinha contato com passageiros que seguiam os trâmites de embarque, passando por todos os mecanismos de controle. No entanto, na operação de rampa, onde é feita o despacho da bagagem, o funcionário colocava o entorpecente na mala dos passageiros, em comum acordo. "A atuação do funcionário era determinante para burlar a fiscalização", diz a delegada Shirlei Sitta, da PF de Foz do Iguaçu, responsável pelas investigações.

    Como a droga era colocada nas malas após o despacho feito pelas companhias aéreas, havia diferença entre o peso da origem e do destino. Com isso, os integrantes do esquema, para se defender, usavam o argumento de que não haviam inserido o entorpecente na mala.

    As investigações tiveram início em 2016 após a apreensão de 11 quilos de haxixe no Aeroporto Internacional de Guarulhos que saiu do Aeroporto Internacional das Cataratas, em Foz do Iguaçu, com uma mulher.

    Um inquérito foi instaurado e investigações posteriores revelaram a atuação dos três grupos criminosos que atuavam de forma conjunta e também, por vezes, de modo independente, para enviar drogas por remessas áreas, em voos comerciais, e usando o transporte terrestre. A maconha e haxixe, trazidos do Paraguai, eram distribuídas em diversos Estados brasileiros. Durante as investigações foram apreendidos com as quadrilhas mais de 300 quilos de maconha em Foz do Iguaçu e Céu Azul (PR), Gravataí (RS) e no Aeroporto de Guarulhos.

    Cerca de 90 policiais federais participaram da operação, batizada de Duelo, na manhã desta quinta. Foram expedidos 12 mandados de busca e apreensão e 12 mandados de prisão preventiva no Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo. Um total de 10 foram cumpridos. Duas pessoas, de Campinas e Curitiba, estão foragidas. Alguns dos alvos da operação estavam detidos ou usavam tornozeleira eletrônica pela prática anterior de tráfico de drogas.

    Durante a ação desta quinta, a PF ainda apreendeu R$ 7,2 mil em Curitiba, um carro e uma amostra de 300 gramas de maconha. Os detidos responderão pelos crimes de tráfico transnacional de drogas e associação para o tráfico. Com informações do Estadão Conteúdo.

    PF desarticula quadrilhas que usavam aeroportos para tráfico de drogas

    Voltar

    © 1997-2014  reisdoreggae.com.  Todos os direitos revervados.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    PEÇA SUA MÚSICA
    STUDIO
    FONE:(98) 3464-1997
    OU PELO NOSSO 
    WhatsApp:(55)98-98159-6533

    Clique aqui para editar.