Menu

Rádio

MirandenseBrasil






Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.


    Com corte de Dani Alves, Tite perde jogador mais experiente da seleção

    11 MAI 2018
    11 de Maio de 2018
    Tite perdeu nesta sexta-feira (11) um dos seus capitães e o jogador da sua equipe com mais experiência em Copas e partidas pela seleção brasileira. Daniel Alves, 35, foi avisado que não estará no Mundial devido a uma lesão no joelho direito.

    Titular do time de Tite, o jogador, que já havia disputado os Mundiais de 2010 e 2014, além de ter vestido 108 vezes a camisa da seleção como titular, precisará de até seis meses para se recuperar. Na tarde de sexta (11), o médico da seleção, Rodrigo Lasmar, se reuniu com o atleta e representantes do Paris Saint-Germain, clube do jogador.

    Segundo Lasmar, o lateral precisará passar por uma cirurgia para tratar a lesão no ligamento cruzado anterior, sofrida na vitória por 2 a 0 do PSG sobre o Les Herbiers, na última terça-feira (8), pela final da Copa da França.

    "Ele ficou chateado, mas tem equilíbrio e a condição emocional forte. O Daniel virou a página e disse que não queria ninguém triste. Já queria saber qual o procedimento para voltar a jogar em alto rendimento", disse Lasmar.

    O Mundial da Rússia seria o terceiro da sua carreira e, pela idade do jogador (35 anos), provavelmente o último. Ele foi titular em três jogos na Copa de 2010, na África do Sul, e começou na equipe no Mundial de 2014. Depois da vitória da seleção contra o Chile, nas oitavas, ele foi barrado por Luiz Felipe Scolari e assistiu o 7 a 1 contra a Alemanha do banco.

    Nesta Copa, o lateral seria titular e um dos líderes da equipe. Ele foi capitão quatro vezes na era Tite, que instituiu um rodízio na função desde que assumiu o cargo.

    O jogador não se pronunciou desde que o diagnóstico da lesão foi feito. Ele deverá ser submetido a cirurgia na próxima semana, em Paris.

    A comissão técnica da seleção ficou em alerta na quarta (9), quando recebeu comunicado do clube francês.

    Eles não conseguiram precisar a lesão no exame de imagem e recomendavam três semanas de fisioterapia até realizar uma nova ressonância.

    Depois do segundo exame, os médicos teriam mais clareza se Alves deveria ser submetido a uma cirurgia ou se voltaria a jogar nos próximos dias. O prazo, que se encerraria no final de maio, era curto para Tite. Nesta data, a seleção já estará treinando na Granja Comary, em Teresópolis.

    Com passagem marcada para examinar Neymar em Paris, o médico seguiu no mesmo dia à capital francesa, mas o objetivo principal era definir a convocação do lateral. Ele foi acompanhado pelo coordenador de seleções Edu Gaspar.

    Inicialmente, Gaspar não embarcaria, o que deixou claro que a situação do lateral direito era delicada.

    "Ele mandou uma mensagem muito legal, para levar uma boa energia aos outros jogadores. Não perdemos só o Daniel jogador. Perdemos um líder, um campeão", disse.

    Ao vencer a Copa da França, na terça-feira (8), Alves conquistou o 37º título na sua carreira. Nenhum jogador da seleção brasileira levantou tantas taças. A maioria foi conquistada no Barcelona. Ele também já defendeu Bahia, Sevilha (ESP) e Juventus (ITA).

    Com Alves fora da seleção, Tite terá que retrabalhar a posição. O lateral do PSG foi titular na maioria das partidas sob o comando do treinador. Fágner, do Corinthians, e Danilo, do Manchester City, são os favoritos para a ala direita.

    Mesmo assim, eles pouco jogaram com Tite na seleção. Fagner ainda se recupera de uma contusão na coxa direita. Ele deve voltar a treinar somente no final do mês.

    O paulista é o preferido do treinador para a posição na ausência do lateral do PSG, mesmo assim, fez apenas quatro partidas pela seleção.

    O lateral Danilo, do Manchester City, é outro que foi pouco testado por Tite. Ele foi titular em apenas uma partida com o treinador.

    Rafinha, do Bayern de Munique, é o azarão na lista de pré-selecionados do treinador da seleção brasileira.

    Na segunda (14), Tite anuncia os 23 convocados para representar o Brasil na Copa do Mundo. O evento acontece no auditório da sede da CBF, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. A cerimônia começa a partir das 14h. Com informações da Folhapress. 

    Com corte de Dani Alves, Tite perde jogador mais experiente da seleção

    Voltar

    © 1997-2014  reisdoreggae.com.  Todos os direitos revervados.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    Clique aqui para editar.

    PEÇA SUA MÚSICA
    STUDIO
    FONE:(98) 3464-1997
    OU PELO NOSSO 
    WhatsApp:(55)98-98159-6533

    Clique aqui para editar.